Lola e família. Foto – Globo.

Apertados financeiramente, Julio (Antonio Calloni) e Lola (Gloria Pires) estão precisando de uma boa grana para sair do atoleiro econômico em Éramos Seis. Mas para isso eles já têm um plano.

Focado em conseguir a quantia necessária para se tornar sócio de Assad (Werner Schünemann), o patriarca da família Lemos decide pedir o dinheiro a sua mãe, dona Marlene (Walderez de Barros).

Sendo assim, Julio chama sua mãe e a convida para passar alguns dias em sua casa, na Avenida Angélica. Ela e Lola, vale dizer, não se dão muito bem, pois Lola sabe na prática que a sogra tem um gênio complicado.

Veja também – Bom Sucesso: Diogo se revolta após ser desmascarado e ameaça matar Nana

Mas Lola terá não só que engolir a visita como encarar uma viagem para a praia com toda a família somente para agradá-la e tentar conseguir o dinheiro para se livrar das dívidas e melhorar de vida.

De trem, Júlio, Lola, dona Marlene, o cachorro Jagunço e as crianças embarcam para Santos e chegam à praia de bonde. Lá, apesar dos pesares, ele viverão um dia inesquecível. Com informações do Observatório da Televisão.

MAIS EM ÉRAMOS SEIS:

Nos próximos capítulos da novela das 18h da Globo, Éramos Seis, Júlio (Antonio Calloni) ficará arrasado quando descobrir que sua mãe acabou com todas as economias da família após contrair uma forte gripe. Dessa forma, o homem não conseguiu novamente o empréstimo de 500 contos de réis para iniciar a sociedade com Assad (Werner Schünemann). Por causa disso, ele verá uma esperança na tia Emília (Susana Vieira) de Lola (Glória Pires).

Ele terá uma ideia ao ver que a tia da esposa deixou vários presentes aos sobrinhos. “Um gesto de carinho, não é incrível? Eu esperando uma coisa boa acontecer e aconteceu”, se animará ele. Depois, Lola sentirá calafrios apenas de imaginar no que Júlio está pensando.  “Mas não foi assim nada grande”, dirá a mulher.

“Ela é rica e mostrou que gosta de nós. Eu até tive uma iluminação… Sabe o que eu pensei? Que ela pode ser a solução para o nosso problema”, disparará ele. “Não é sonho, é um sinal de sorte. Temos um último cartucho a estourar na nossa frente e não estamos vendo”, retrucará o homem ao ver a mulher tentar fazê-lo desistir.

Ouça músicas ilimitadas e totalmente grátis no NP PLAY