Téo (Rainer Cadete) e Josiane (Agatha Moreira) em A Dona do Pedaço (Foto: Reprodução)
Téo (Rainer Cadete) e Josiane (Agatha Moreira) em A Dona do Pedaço (Foto: Reprodução)

Maria da Paz parecia que seria a personagem mais burra ou sonsa de A Dona do Pedaço. Mas ela foi superada por outra pessoa, desta vez um homem que só falta pedir para morrer.

A personagem de Juliana Paes foi ultrapassada nos níveis de ingenuidade por Téo, vivido pelo ator Rainer Cadete. Sem nada na cabeça, ele foi cutucar onça com vara curta recentemente.

Após mostrar que tem uma prova de que Josiane (Aghata Moreira) cometeu um assassinato, ele mostrou a evidência para a própria criminosa e concordou em ir a um motel com ela para celebrarem a felicidade do casal.

Veja também – A Dona do Pedaço: Josiane muda de status na prisão e passa a ser respeitada após conversão

Rainer fez um comentário no Twitter, em que escreveu: “Teo! Era pra mostrar essa foto pra todo mundo, menos para ela”. Até Lucy Ramos, que contracena com o ator (ela vive a influenciadora Silvia), zombou da burrice do fotógrafo. Prevendo o que ainda pode acontecer na novela, ela escreveu: “Capaz do Teo sobreviver e ainda desculpar a Josiane”.

Vale dizer que Jô dará com um picador de gelo na cabeça de Téo, que quase morre. Internado, ela vai atrás dele no hospital e tanta matá-lo novamente.

MAIS EM A DONA DO PEDAÇO:

Com a grande decepção de quase ter sido assassinado por Josiane (Agatha Moreira), Téo (Rainer Cadete) passará a se envolver mais com Yohana (Monique Alfradique), a ponto de o público suspeitar que eles terminarão juntos em A Dona do Pedaço, novela que está chegando em seus últimos capítulos na Globo. O que a policial mal imagina, no entanto, é que ele ainda é completamente apaixonado por Josiane, fato que será revelado em pleno julgamento da vilã.

A Jô matou o Jardel”, declarará ele em seu depoimento. “Quem tinha a foto era a Fabiana [Nathalia Dill]. Ela tirou a foto, chantageou a Jô. Sei que ela negou isso no tribunal, mas chantageou. Eu suspeitei, botei um programa espião no celular dela e a foto veio parar no meu celular. Quando eu encontrei o arquivo, fiquei surpreso. Chocado”, explicará ele, que explicará o que aconteceu depois.

“Eu achava que a Jô tinha mudado. Saí com ela, falei da foto e prometi não mostrar a ninguém”, lembrará Téo. “Prometeu não mostrar?”, se surpreenderá o promotor do caso. “Eu achei que ela estava apaixonada por mim. Que pelo amor tinha se transformado. Eu não ia mostrar a foto. Ia apagar. Fomos pra um motel, pra comemorar nossa união, nossa felicidade”, justificará Téo, que prosseguirá.

Ouça músicas ilimitadas e totalmente grátis no NP PLAY